PESSOAS / Alexandre Ovídio


Alexandre Ovídio
43 anos, Beira - Moçambique, humorista e barman
Um habitué do Bairro Alto e um homem dos sete ofícios. Humorista, colabora em projectos para cegos, tem um programa na Benfica TV, faz umas horas como barman na Capela e colabora com o I Love Bairro Alto. Mantém um registo quase inigualável de obras e projectos inacabados.


Quais são os teus locais preferidos no bairro alto e na sétima colina?
O que gosto mesmo é de passear pelas ruas e estar sempre a descobrir uma loja nova ou a experimentar um restaurante, enquanto esses espaços não se transformam em mercearias fora-de-horas. Se vou com a ideia de me divertir a ouvir música e beber um copo é impossível não passar no Capela: continua a ser o único bar completamente inspirado e vocacionado para a música electrónica.

Há quanto tempo trabalhas no bairro alto?
Foi em 1999. A lua não se afastou da Terra, como na série, mas eu comecei a servir copos no Capela, que foi uma tragédia de proporções semelhantes.

Como descreverias esta zona da cidade a um estrangeiro que visite Lisboa pela primeira vez? 
Pegaria nas palavras de outro estrangeiro, o meu amigo Jerry, com que me descreveu a razão porque comprou uma casa em Lisboa: é um local único, com um ambiente que não se encontra em mais nenhum lado em todo o mundo. E convidá-lo-ia a descobrir que o Jerry tinha razão.





 Comments




 PUBLICIDADE












Home
Night
Eat
Shops
Sleep
People
Blog
Chronicles
Video
Photos
Agenda
Agenda - Week
Info
Chronicles
History
Instagram
About
Bairro das Artes