17 de Janeiro de 2012

No Adamastor



Lisboa é uma cidade maravilhosa. O miradouro do Adamastor é uma mistura de sons com o mar ao fundo numa delícia de céu azul e pôr-do-sol. Hoje, o céu estava lindo. Mais até do que ontem, porque os farrapos de nuvens não tapavam o sol, mas reflectiam os raios vermelhos num incêndio de cor que aquecia o fim de tarde.

Fui ao São Jorge ver um documentário sobre Anna Halprin, bailarina norte-americana do meio do século XX, em muitos aspectos pioneira na dança. Uma mulher que aos 86 anos ainda se mexe com vigor. Uma mulher que pôs pessoas de 95 anos a dançar e a divertir-se. Uma mulher cujo marido lhe construiu um palco de madeira suspenso entre as árvores, ao ar livre, embrenhado na natureza, como a sua dança. Foi fenomenal. Foi fenomenal, porque voltei a sentir a dança como respiração, a dança como água, como ar, como vento. Para Anna Halprin, a dança é a respiração tornada visível, como no próprio título do documentário, Breath made visible.

Como ela, quero dançar livremente, quero ser livre na dança, na vida e no amor. Quero poder sentir livremente, amar livremente, ser livremente. Livremente ser apenas eu. Ter a cabeça livre, sem pensar nas milhentas coisas que poderei dizer ou fazer e simplesmente dizer e fazer as coisas na altura delas sem me preocupar. Sem me pré-ocupar.
 
Raquel Dionísio





 Comments


 PUBLICIDADE






21 de Setembro de 2014
Tudo por arrasto

18 de Junho de 2014
"22 de Setembro"

3 de Novembro de 2013
UM BANCO NO LARGO DE CAMÕES

30 de Junho de 2013
BAILE DE VERÃO

19 de Maio de 2013
Relatividade

26 de Dezembro de 2012
Dar música

21 de Novembro de 2012
Desligar

23 de Outubro de 2012
Lindo Serviço

30 de Junho de 2012
NO VERTIGO

13 de Junho de 2012
Das boas acções










Home
Night
Eat
Shops
Sleep
People
Blog
Chronicles
Video
Photos
Agenda
Agenda - Week
Info
Chronicles
History
Instagram
About
Bairro das Artes