21 de Setembro de 2014

Tudo por arrasto



A Didá é que sabia. Não lhe viessem cá com histórias de que era só a brincar, que ela sempre soube. Alguma vez os Bettencourt ou os Ribeiro da Cunha iriam deixar os filhos deles ouvirem tais coisas? E a dançarem como se estivessem na cubata? E a vestirem aquelas roupas largas e aquela joalharia, que horror, a não ser que fosse carnaval? Então porque é que era a Didá que iria deixar a filha port...

18 de Junho de 2014

"22 de Setembro"



Agora entendo porque se amarga o teu rosto.
Porque as flores da buganvília amarelecem antes de tempo.
Começa hoje o Outono. Mas o meu Outono já dura há demasiado.
Nesta prisão de brancura em forma de rectângulos de janela.
No calor dos fornos sempre acesos, no aroma de iguarias que enfadam o paladar de dias infindáveis com o mesmo sabor.
A frescura que aparece esvai-se ...

3 de Novembro de 2013

UM BANCO NO LARGO DE CAMÕES



Em lugares caríssimos de primeiro balcão com vista para a Lua cheia que ilumina o escuro telhado do Hotel do Bairro Alto e o topo da Igreja da Nossa Senhora da Encarnação. Minutos de preciosidade antes da corrida para o acumular de estampidos no caminho para casa.
 
Esqueço-me de respirar na azáfama do pressionar de teclas que, com frio, se senta ao meu lado. Separa-nos o espaço ...

30 de Junho de 2013

BAILE DE VERÃO



Estamos em Junho e Lisboa cheira a sardinha assada todos os dias. A música popular – seja ela de marcha ou verdadeiramente pimba – é um burburinho constante nos largos e larguinhos da cidade. Em Junho, somos todos lisboetas.
 
Em Junho, comemos caracóis sem ajuda do palito (eu nunca uso, mas sei de quem só dispensa nesta altura) e sardinhas com a mão, ensopada a gordura que o car...

19 de Maio de 2013

Relatividade



Tanto quanto sabemos, a Terra formou-se há aproximadamente 4,6 mil milhões de anos (criacionistas, podem parar a leitura por aqui). Os primeiros vestígios de seres vivos surgiram há 3,5 mil milhões de anos, mas só com a explosão de vida do Câmbrico, com a invenção do sexo e tudo o que de maravilhoso isso trouxe, e que só por si já justificaria outra crónica, é que o  registo fóssil nos per...

26 de Dezembro de 2012

Dar música



Não se imagina um bar sem música. É uma coisa intangível, como a simpatia de quem serve ou a boa disposição de quem enche a casa, mas é sem dúvida a que mais facilmente pode condicionar as outras duas. Dificilmente alguém trabalha com um sorriso enquanto é massacrado sonicamente pelo DJ que mais detesta no mundo; e um barman sizudo é um péssimo cartão de visita da casa. Já os clientes, livres d...

21 de Novembro de 2012

Desligar



Longe de mim querer demonstrar tanta sabedoria neste campo como o meu ilustríssimo homónimo que me antecedeu na República Romana enquanto Cristo dava os seus primeiros passos sobre a Terra. Mas tirando os psicólogos e os melhores amigos, não deve haver alguém que ouça mais desabafos sobre relações colapsadas do que um barman. E não tenho a certeza quanto aos psicólogos. Se a noite é o lugar fel...

23 de Outubro de 2012

Lindo Serviço



“Quem não vive para servir, não serve para viver!” - Dizia um antigo colega meu do bar. Infelizmente a sua credibilidade para nos iluminar com estas pérolas de sageza foi se desvanescendo na proporção directa do consumo das substâncias psicotrópicas em que se tornou cada vez mais dependente, e na respectiva espiral descendente de mentiras, esvaziamento moral e pequenos desfalques, cada vez meno...

30 de Junho de 2012

NO VERTIGO



Há anos que estava para vir a este sítio.
 
O Vertigo é, antes de mais, local de repasto para o intelecto. Como se o QI aumentasse dez pontos só de subirmos o degrau de palmo e meio que antecede a porta. Cá dentro, todas as conversas são inteligentes, todos os assuntos são intelectualmente estimulantes. Como o vento na cara, quando levamos a janela aberta e fazemos uma curva repe...

13 de Junho de 2012

Das boas acções



Já vos contei a história da operação stop? Estava com o Rui, sabem quem é o Rui? O Rui de Geologia, foi meu colega, do Madureira, do Antunes e do Gonças, o Rui que nós chamamos o Barbas, apesar de ele não usar barba há montes de anos. Olhem, o Rui que andava sempre com o Leitão e que tem a casa em Tróia onde fazemos as churrascadas. Esse Rui. Nós, dantes, saíamos muitas vezes à noite, ou melhor...

 PUBLICIDADE






21 de Setembro de 2014
Tudo por arrasto

18 de Junho de 2014
"22 de Setembro"

3 de Novembro de 2013
UM BANCO NO LARGO DE CAMÕES

30 de Junho de 2013
BAILE DE VERÃO

19 de Maio de 2013
Relatividade

26 de Dezembro de 2012
Dar música

21 de Novembro de 2012
Desligar

23 de Outubro de 2012
Lindo Serviço

30 de Junho de 2012
NO VERTIGO

13 de Junho de 2012
Das boas acções










Home
Night
Eat
Shops
Sleep
People
Blog
Chronicles
Video
Photos
Agenda
Agenda - Week
Info
Chronicles
History
Instagram
About
Bairro das Artes